Mudanças por aqui

2014-05-18 13.37.57

Como já devem ter reparado o Coimbr’aPedal tem tido algumas mudanças, depois de uns meses parado começa agora a ganhar uma nova força.

Começámos (Inês e Duarte) este projecto há um ano e meio com o objectivo de que mostrar a bicicleta é não só um óptimo meio de transporte como perfeitamente utilizável nas nossas cidades. 🙂 Como sabem o Coimbr’a Pedal é um dos primeiros projectos do Improve Coimbra, um grupo de pessoas que se junta uma vez por mês para resolver problemas da cidade e dar o seu contributo para torná-la um lugar melhor! Por isso o Coimbr’a Pedal é uma plataforma de cidadãos para cidadãos.

Por motivos profissionais eu e o Duarte saímos de Coimbra (e de Portugal) a nossa disponibilidade reduziu-se muito significativamente e, por isso, achamos que está na hora de deixar que pessoas cheias de pedalada continuem este projecto! Assim sendo este será o nosso último post por aqui mas o Coimbr’aPedal é de todos e por isso quem quiser participar com ideias sugestões deve contactar a Bia ou o Miguel (que se irá apresentar mais à frente) que estão cheios de entusiasmo, e isso é o que é preciso 🙂


Neste momento faz sentido relembrar as publicações mais úteis desde o início do Coimbr’aPedal, para que não se perca o fio à meada:

  • percursos ou zonas da cidade em que a diferença de declives é pequena e por isso zonas mais fáceis de andar de bicicleta (aqui)
  • equipamentos que podem melhorar muito as condições da cidade para que as viagens possam ser feitas em bicicleta (12, 34)
  • mostrámos um bocadinho do que se faz lá fora que pode ser um bom exemplo para a nossa cidade (e país) (12)
  • falámos de bicicletas eléctricas, dobráveis (1, 2, 3)
  • de como pedalar a chuva e até de como começar a pedalar (aqui)
  • comentámos o antigo código da estrada e as mudanças no novo código da estrada (aqui)

Também preparámos, em conjunto com o Galeria Santa Clara, e com a colaboração do Paulo Andrade, Joana Martins e Miguel Coimbra, um documento para entregar a Câmara Municipal de Coimbra com um conjunto destas ideias que, julgámos nós, trariam um acréscimo de qualidade não só aos ciclistas que pedalam diariamente em Coimbra, mas também às inúmeras pessoas que desejariam poder fazê-lo em segurança. Fizemos uma recolha de assinaturas que teve cerca de 500 apoiantes, e entregámos o documento no gabinete do Vereador do Urbanismo. Após termos sidos remetidos para o gabinete do Desporto onde fomos (e é preciso dize-lo) muito bem recebidos, voltámos, e com o apoio deste último, entrar em contacto com o Vareador do Urbanismo. Após vários emails e telefonemas, e quase meio ano depois, continuamos infelizmente sem uma resposta. É pena que assim seja.

Mas por isso também entram agora a Bia e o Miguel para a equipa, para dar pedalada ao Coimbra’aPedal.

Até um dia destes 🙂

Coimbra de bicicleta #2

Como sabem, em Agosto fizemos um pequeno documento com propostas para a cidade de Coimbra, com a colaboração da Galeria de Santa Clara, que poderiam melhorar em muito as condições daqueles que querem usar a bicicleta como transporte. (para os mas distraídos fica aqui o link daquilo que estou a falar). Conseguimos, em poucos dias, reunir 500 assinaturas de cidadãos de Coimbra que partilham connosco esta vontade.

Fomos encaminhados para a Divisão de Desporto da CMC e na última sexta feira, dia 4 de Janeiro, reunimos com os responsáveis do Gabinete da Actividade Física e Desporto (Nuno Vicente e Marta Prata) que nos receberam muito bem.

Discutimos os problemas e as soluções enunciados no documento e, para além destes, questões como o Excepto velocípedes, falamos de alguns cruzamentos e vias da cidade que precisam de ser resolvidos, das questões do código da estrada, da instrução das pessoas e ainda do que está previsto em termos de infraestrutura (vias dedicadas a ciclistas), entre outros.

Aconselhou-nos a marcar uma reunião directamente com o Dr. Carlos Cidade (com quem tentámos uma reunião em primeiro lugar), vereador responsável pela Gestão Urbanística, e assim faremos. Tentaremos também reunir com o Dr. Manuel Machado, uma vez que para além de presidente da câmara tem a seu cargo o pelouro da mobilidade e gestão do espaço público. 😉

Planeie a sua viagem #2

Para ajudar a pensar no melhor caminho para ir de casa para o trabalho de bicicleta, para a padaria ou para a casa de um amigo deixamos aqui um site que ajuda a planear as viagens, o cycleroute.

Fizemos um exercício simples da Rua Carlos Seixas até ao Pólo II, a zona mais complicada a nível de declives é a subida depois da Ponte Rainha Santa Isabel (onde está o pin amarelo). A plataforma permite ainda introduzir pontos obrigatórios de passagem para modelarmos o percurso à vontade.

1

 

 

Autocarros, bicicletas e bicicletas nos autocarros

Já não é a primeira vez que se fala do transporte de bicicletas nos autocarros aqui pelo blog, seja com suporte ou mesmo no interior dos autocarros.

Já acontece noutras cidades do mundo e em Portugal também já existe esta solução que, quanto quanto a nós, seria muito útil para Coimbra. Podíamos começar ao fim de semana e/ou a fora de horas de ponta, por exemplo.

Em Lisboa existe desde 2007 o Bike Bus, que é um serviço que permite aos utilizadores da carris entrar para dentro do autocarro com a bicicleta. Funciona em 5 linhas, está disponível todos os dias da semana e o preço não varia.

2

No Funchal os autocarros têm um suporte para carregar a bicicleta no exterior do autocarro, como na figura em cima (sei que existem algumas restrições legais quanto aos suportes exteriores principalmente se forem à frente). 

Fica aqui um vídeo engraçado sobre um sistema parecido, para mostrar como funciona 😉