Entrevistas a Ciclistas de Coimbra #1

Lançámos um pedido no facebook há uns dias para dar a conhecer pessoas que andam de bicicleta em Coimbra de forma a pudermos apresentar aqui alguns exemplos de ciclistas urbanos em Coimbra.

A par desta apresentação vamos começar aqui o Grupo dos Amigos do Pedal, constituído por ciclistas que estão disponíveis para ajudar quem quiser começar a andar de bicicleta em Coimbra. Além de poderem dar resposta a algumas dúvidas sobre o uso da bicicleta poderão ainda ajudar numa viagem experimental casa-trabalho. Os Amigos do Pedal vão sendo apresentados nas Entrevistas a Ciclistas de Coimbra e vão sendo adicionados (de acordo com a sua disponibilidade) no separador que podem ver no topo da página.

Temos o prazer de começar com uma das pessoas que mais tem interagido connosco. O Luís Lemos tem 28 anos e é estudante.

Para que viagens usa habitualmente a bicicleta?

  • Casa – Aulas – Casa
  • Outras deslocações

Qual o seu percurso habitual?

  • Bairro Norton de Matos – ISEC
  • Bairro Norton de Matos – Estação de Coimbra (Levo a bicicleta comigo no comboio quando vou de fim de semana)
  • Durante o fim de semana faço viagens maiores indo de casa dos meus pais até casa da namorada. São cerca de 6 km para cada lado.

Há quanto tempo e porque motivo começou a usar a bicicleta como meio de transporte habitual?

Há mais de 10 anos, mas com muito mais frequência nos últimos 4 anos. Motivos:

  • Preço do combustível muito elevado
  • Mais fácil e rápido do que ir a pé (mesmo para distâncias curtas)
  • No caso das deslocações em que usava o autocarro deixei de estar dependente dos horários. Não tenho que esperar pelo autocarro, nem tenho que me despachar para apanhar o próximo.

Quais foram as maiores dificuldades que sentiu no início?

Nenhuma, sempre andei de bicicleta com alguma regularidade.

O ano passado precisei deslocar-me diariamente para uma distancia maior (+- 10km para cada lado), mas preparei-me fisicamente umas semanas antes com treinos de bicicleta durante os fins de semana e alguns dias de semana. Assim esta distância não se mostrou ser uma dificuldade real.

Quais as maiores vantagens que encontra ao usar a bicicleta como meio de transporte?

Menos stress em geral, menos stress no trânsito, maior divertimento durante a viagem, muito mais fácil apreciar a paisagem (quando há), o preço dos combustíveis deixa de ser um problema tão grande e sinto-me muito melhor fisicamente sem gastar dinheiro em ginásios.

E quais as desvantagens?

Quando chove demasiado pode tornar-se desconfortável mesmo usando um impermeável.
Quando está muito calor (e até mesmo quando chove) torna-se obrigatória pelo menos uma troca de roupa.

Quando estou constipado ou engripado, pelo menos para mim, a viagem torna-se extremamente desconfortável. É aqui que opto por usar o carro ou ir a pé se a distância não for muito grande.

Usa algum tipo de equipamento quando se desloca de bicicleta?

Quando chove e de noite quer chova ou não, uso um impermeável reflector. De noite uso sempre iluminação na bicicleta. Não dispenso o conta-quilómetros para ser mais fácil manter um bom ritmo para não ficar exausto sem necessidade.

Optei também neste último ano por montar uns pneus slicks. Foram mais baratos que uns pneus de terra e mantenho um bom ritmo com menos esforço.

Na maioria das vezes levo uma mochila onde levo quase sempre ferramenta básica para a bicicleta e a carteira com os documentos/dinheiro. Para as aulas levo lá também o computador e os cadernos.

Por vezes uso capacete, especialmente de noite e quando chove.

Sente alguma necessidade ao nível de infra estruturas por usar a bicicleta? 

Estacionamento, sem dúvida!

Não costumo suar muito, mas para as pessoas que têm esse “problema” acredito que a falta de balneários seja um problema real.

Que conselhos deixa a quem está a começar a usar a bicicleta no dia-a-dia?

Só custa no início. Se estão a trocar o carro pela bicicleta não tentem fazer a troca de um dia para o outro. Comecem a usar a bicicleta em apenas alguns dias por semana e vão gradualmente aumentando a frequência.

 

Ficam aqui os vídeos feitos pelo Luís das suas viagens diárias, menos de 4 minutos é quanto ele demora  do Bairro Norton de Matos ao ISEC.

E o regresso

 

One thought on “Entrevistas a Ciclistas de Coimbra #1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s